Amados, essa semana comemoramos o dia da consciência negra, que é celebrado no dia 20 de novembro. É um feriado nacional que representa a luta dos negros por seus direitos. A data foi escolhida em memória a Zumbi, o líder do Quilombo dos Palmares, morto em 1695. Além de celebrarmos a luta da consciência afro-brasileira, também relembramos o ícone da resistência na escravidão.

Zumbi foi o último dos líderes do maior quilombo do Brasil Colonial, o Quilombo dos Palmares, que ficava na região de Alagoas. Ele era formado por escravos que tinham escapado das fazendas. Já chegou a acolher trinta mil pessoas.

Anos depois de Zumbi ter assumido a liderança, os bandeirantes organizaram uma invasão ao quilombo. Essa guerra foi longa e Zumbi demonstrou suas habilidades de guerreiro que aprendeu com a família. Depois de muita resistência, o capitão, que conseguiu matar o líder recebeu uma recompensa de Dom Pedro II.

O Dia da Consciência Negra é uma forma de lembrar toda a luta e sofrimento que esse povo passou para poder ter seus direitos como seres humanos respeitados. É uma forma de combater o racismo que mesmo depois da libertação, não fez com que os negros recebessem o respeito que eles merecem. A data também demonstra a importância da população negra para a cultura e desenvolvimento da nação brasileira. Nessa semana vários eventos acontecem demonstrando a importância de assuntos como inclusão dos negros no mercado de trabalho, cotas em universidades, discriminação por parte da polícia, moda e beleza negra dentre outros.