Você sabia que, mesmo com a grande quantidade de inscritos em concursos no Brasil, muitos sequer chegam a ir fazer as provas? Entregam-se às dificuldades da rotina de estudos e não alcançam os resultados esperados, muitas das vezes por pura e simples falta de planejamento, abrindo mão de todo o potencial que possuem. Nesse artigo tem algumas dicas de como você pode manter-se motivado e não desistir de estudarQuando você estuda desmotivado, você não aprende nada, é a mesma coisa que não estudar. Para que você aprenda é preciso estar presente e concentrado em seus estudos. Essas técnicas que você vai aprender são para momentos de desânimo. Com elas você vai ter mais energia e conseguir se concentrar para estudar de verdade.

#1 – Lembre-se sempre do motivo pelo qual você começou a estudar. 

Nunca esqueça o que o levou a estudar para o concurso. Na maioria das vezes, foi a busca por melhoria de vida – tanto para você como para sua família. Lembre-se de que a dor da preparação é passageira, ao passo que o sucesso é para sempre.

É preciso que todo este esforço ser aprovado faça sentido para você. Quais são os seus motivos? Liste os motivos que compensem tantos esforços.

#2 – Supere as dificuldades!

Está cansado? Descanse 01 dias ou até 01 semana. É preciso conhecer e saber respeitar os limites do seu corpo e da sua mente.

Precisa trabalhar? Organize-se e planeje o seu horário de estudos de acordo com a sua rotina. Você não precisa estudar 6h, 8h por dia para ser aprovado. Você precisar estudar certo!!! Quantidade de horas de estudo não é sinônimo de qualidade.

Por que você está pensando em desistir de estudar? Será que não está dando muito valor as dificuldades e obstáculos? Saiba que de que todas as situações podem ser vistas por um ponto de vista diferente. Que tal contorná-los? Já pensou em encarar a situação de frente? Foque na solução do problema.

Acredite na sua capacidade, apesar de os obstáculos muitas vezes parecerem insuperáveis. Lembre-se de que você está se dedicando, se esforçando, fazendo por merecer a sua vaga. A sua hora vai chegar!!!

# 3. Estabeleça metas de curto prazo

Muitas vezes nos sentimos frustrados ou julgamos que nosso desempenho está muito fraco, quando, na verdade, apenas cometemos o erro de estipular metas nada razoáveis. você precisa definir metas que sejam viáveis. aos poucos, vá aumentando progressivamente o grau de dificuldade delas, até atingir o seu objetivo final. se você sabe que, para se tornar competitivo a ponto de ser aprovado, por exemplo, na esa é necessário acertar em média, 85% da prova no geral, mas atualmente você só consegue acertar cerca de 40%, estabeleça metas graduais. esforce-se para acertar 50%, depois 60%, até chegar ao objetivo de 85%. e comemore cada uma dessas vitórias, celebrando o seu progresso. agindo assim, você se mantém motivado para seguir em frente.

# 4 – Crie uma rotina de estudo

Uma forma de criar o hábito de estudar todo dia é criar um cronograma de estudo, com as disciplinas e assuntos divididos conforme a sua necessidade de aprendizagem e memorização, intercalando as disciplinas para ficar mais fácil e agradável.

Aprendemos com Aristóteles que “somos o que fazemos repetidamente. A excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito”. Hábito é prática: tome a decisão e execute, até que isso se torne um comportamento automático.

Esse hábito contínuo ajudará você a manter a motivação em estudar sempre. Como um atleta que pratica todos os dias, você sentirá falta de exercitar o cérebro. Esse tipo de “vício” saudável – no caso, o vício de estudar – fará parte de sua vida até você atingir o objetivo traçado para si mesmo.

Lembre-se: todo hábito parte de uma decisão e uma ação. Veja quais são as decisões que levam a um hábito ruim e qual a decisão que precisa tomar agora para estudar mais e melhor. Só você pode criar novos hábitos para a sua vida, em todos os sentidos!!! 

PICCINI,Leandro. 2016. Técnicas de motivação para estudar